O escotista é o voluntário que atua diretamente com os jovens, é o elo entre a teoria e a prática. É ele quem incentiva e acompanha o desenvolvimento de cada criança, adolescente e jovem e quem prepara as atividades, de forma que sejam desafiantes, úteis, recompensantes e atraentes.

A atuação do escotista pode ser em um dos quatro ramos existentes, de acordo com as fixas-etárias: Lobinho, Escoteiro, Sênior ou Pioneiro. É importante que o escotista se identifique com o ramo de atuação. Para desempenhar bem o seu papel é necessário que ele compreenda como é aplicado o Método Escoteiro e o Programa Educativo do seu respectivo ramo de atuação.

É fundamental que os voluntários que atuam no papel de escotista compreendam a importância do seu papel como educador e do seu exemplo pessoal, sendo estes pontos essenciais do Método Escoteiro. É necessário que o escotista seja um grande motivador no processo de desenvolvimento do jovem, auxiliando-o no acolhimento, nas etapas de progressão, incentivando as conquistas de especialidades, propondo atividades atrativas, orientando individualmente e estreitando a relação entre a família e o Grupo Escoteiro.

Procure um Grupo Escoteiro

Eventos Relacionados

Como ser Voluntário

A partir dos 18 anos, qualquer pessoa pode atuar como voluntário no Movimento Escoteiro, sem limite máximo de idade. Para isso, basta ter disponibilidade nos dias de atividade e poder dedicar-se ao preparo das atividades (duas horas por semana, em média), adorar o contato com a natureza, com crianças, adolescentes e jovens e compartilhar de nossos Princípios e Valores.

Se você se encaixa nesses requisitos, basta encontrar a Unidade Escoteira Local mais próxima da sua casa e entrar em contato. Fácil não?

O voluntário, seja escotista (que atua diretamente com os jovens) ou dirigente (que trabalha na administração do grupo escoteiro), é o elo entre a teoria e a prática. É ele quem incentiva e acompanha o desenvolvimento de cada jovem, quem prepara as atividades de forma que os escoteiros se sintam motivados e desafiados. O adulto é a ferramenta pela qual o Escotismo acontece, que possibilita que o jovem seja o protagonista e o foco de nosso Movimento.

Para efetuar o Registro Escoteiro, todos os voluntários precisam realizar o Curso de Proteção Infantojuvenil. O processo de formação, em que o adulto se dedica a conhecer mais profundamente cada Ramo, acontece no decorrer de sua vida escoteira, sendo indispensável a realização de cursos e leituras.