Arte em Origami

Pré-Requisitos:

Fazer uma exposição com, no mínimo:

Nível 1: 10 (dez) dobraduras simples de até trinta dobras.

Nível 2:  25 (vinte e cinco) dobraduras, dentre elas algumas peças com mais de trinta dobras, incluindo caixas simples e “kusudama” (bola com peças modulares).

Nível 3: 40 (quarenta) dobraduras, dentre elas alguns mais complexos com mais de cinquenta dobras, “kusudama” com mais de trinta peças e figuras geométricas.

 

  1. Apresentar 1 (um) relatório sobre o significado da palavra “origami”, a origem desta arte e do papel, descrevendo seus benefícios.
  2. Montar esquema que apresente a linguagem do origami (símbolos utilizados na dobradura: Linha do vale, linha da montanha, virar, girar, dobrar por dentro, dobrar por fora, plissagem, achatar ou afundar).
  3. Apresentar por escrito bibliografia sobre o Origami: sobre 2 (dois) autores famosos nacionais ou internacionais e possuir pelo menos 1 (um) livro de origami.
  4. Expor seus trabalhos de origami sozinho ou com outros origamistas em outro local, como escola, biblioteca, associações ou exposição internacional.
  5. Visitar uma exposição de origami mostrando fotos ou participar de “workshop” de origami apresentando, posteriormente, as dobraduras feitas.
  6. Utilizar origamis como decoração de 1 (um) evento, preferencialmente, promovido pelo Grupo Escoteiro, seção ou matilha/patrulha.
Níveis da Especialidade
Nível I 2 itens
Nível II 4 itens
Nível III 6 itens

O jovem tem a liberdade de escolher quaisquer itens para a conquista do nível que desejar, não sendo obrigatório seguir a ordem da numeração dos mesmos.