Engenharia Aeronáutica

  1. Demonstrar com 1 (um) experimento simples o princípio de sustentação das asas.
  2. Demonstrar com 1 (um) experimento simples o funcionamento de 1 (um) aeróstato, e como sua altitude pode ser controlada.
  3. Apresentar a planta em 3 (três) vistas de uma aeronave projetada ou fabricada no Brasil, destacando na figura a fuselagem, asa, empenagem, trem de pouso e motores.
  4. Apresentar a vista superior de 3 (três) modelos diferentes de asas de aviões, sendo uma para voo supersônico, uma para planadores, e uma terceira à escolha do examinador, destacando as características que privilegiam seu uso.
  5. Descrever o funcionamento dos motores a reação, destacando a aplicação, as semelhanças e as diferenças entre os diversos tipos (turbo jato, turbo hélice, turbofan, pulsojato, scramjet).
  6. Discutir sobre alguns dos fatores da operação e do projeto que influenciam o alcance e o consumo de combustível de uma aeronave.
  7. Montar uma tabela comparativa entre (ao menos) 5 (cinco) aeronaves, destacando alguns valores de projeto (altura, comprimento, envergadura, superfície da asa, peso vazio, peso máximo na decolagem, força de empuxo ou tração). Calcular e colocar na tabela as razões como relação peso/empuxo ou tração, peso/ superfície alar, superfície alar/envergadura.
  8. Sozinho ou em equipe, reproduzir em isopor, madeira ou papelão com desenho e colagem, o painel de 1 (um) avião com pelo menos 5 (cinco) instrumentos analógicos (convencionais), explicando a função e o princípio de funcionamento de pelo menos 3 (três) destes instrumentos.
  9. Construir uma versão simplificada de 1 (um) “horizonte artificial” funcional, que permita visualizar a inclinação do instrumento em 2 (dois) eixos (arfagem e rolagem).
  10. Explicar o que é a barreira do som e o que acontece quando uma aeronave ultrapassa Mach 1.0.
  11. Explicar por que os telefones celulares e outros aparelhos eletrônicos devem ser desligados nos procedimentos de pouso e decolagem das aeronaves.
  12. Construir sozinho ou em equipe 1 (um) modelo de aeronave (avião ou helicóptero) que responda aos comandos de uma cabine (manetes, manche, pedais) no movimento do modelo em seus 3 (três) eixos, ou nas superfícies de comando (leme de direção, profundor, aileron). O modelo pode ser construído em bambu ou palitos usando técnicas de pioneiria, ou em madeira, papelão e isopor utilizando técnicas de aeromodelismo, ou qualquer outra técnica.
Níveis da Especialidade
Nível I 4 itens
Nível II 8 itens
Nível III 12 itens

O jovem tem a liberdade de escolher quaisquer itens para a conquista do nível que desejar, não sendo obrigatório seguir a ordem da numeração dos mesmos.