Escoteiros brasileiros participam de Jornada Mundial da Juventude no Panamá

24 janeiro 2019

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/escoteirosorg/public_html/beta/wp-content/themes/escoteiros-theme/single-noticias.php on line 18

A Jornada Mundial da Juventude levou milhares de jovens católicos a peregrinar em direção ao Panamá. O evento, que ocorre entre os dias 23 e 27 de janeiro, conta com uma programação que envolve missas, reuniões de definição de diretrizes, e a chance para os participantes se conectarem com outros fiéis de diversos países ao redor do globo. Por fim, é a oportunidade que todos os participantes têm de estarem fisicamente mais próximos do Papa Francisco I.

Tradicionalmente, há muitos membros no Movimento Escoteiro de confissão católica, e um grupo considerável participa a Jornada. O Padre Hugo Galvão, capelão-assistente nacional dos Escoteiros do Brasil, está na Cidade do Panamá, e acompanha a ação dos escoteiros. “Estamos buscando entrar em contato com os escoteiros que estão no Panamá. Sabemos que são cerca de 300 inscritos como voluntários, de todo o mundo, além dos muitos que vieram como peregrinos”, explica. Pe. Hugo também contou que o Movimento Escoteiro montou uma tenda escoteira, pela qual os voluntários estão distribuindo material de divulgação e conversando com jovens sobre o Escotismo. Na tarde de ontem houve uma missa para voluntários e peregrinos escoteiros, celebrada pelo capelão escoteiro da Argentina, Monsenhor Oscar Mais de 500 escoteiros de todo o mundo participaram da celebração. Outras autoridades do escotismo confessional católico estiveram presentes também, como os capelães da Polônia, Portugal, países da África e o capelão mundial do Movimento Escoteiro, Pe. Jacques Gagey. Rául Sánchez, Diretor Regional da Região Escoteira Interamericana, também participa das atividades.

A jovem Júlia Lima, da Região Escoteira do Rio de Janeiro, está no Panamá desde o dia 13 de janeiro, para a pré-Jornada Mundial da Juventude. Júlia participou de uma semana de ações em Chitré (cerca de 4 horas de distância da Cidade do Panamá), convivendo com uma família panamenha e realizando trabalho voluntário na região. “Tem sido um período incrível de muita troca cultural, comunhão e partilha de experiências. Fizemos limpeza de uma área degradada, separamos material reciclável e plantamos mudas de reflorestamento, além de manutenção num refeitório que atende necessitados. O que mais chama a atenção é o compromisso e a alegria com que fazem a gente se sentir em casa, e conseguir compreender a missa independente do idioma, pois a fé é uma só”, diz.

A Jornada Mundial da Juventude acontece a cada três anos desde 1985, e é organizada pela Igreja Católica. Criada pelo Papa João Paulo II, é sediada pela primeira vez na América Central.